“Sou crente, não demente”, dispara Mara Maravilha após polêmicas

Mara Maravilha reafirmou sua fé cristã numa entrevista recente concedida à apresentadora Cátia Fonseca, da Band, e afirmou que ser crente não a torna “demente”.

Durante o programa Melhor da Tarde, Mara Maravilha foi questionada sobre as polêmicas relacionadas à “cura gay” e a pecha de homofóbica que a imprensa vinculou a ela, e a cantora e apresentadora rebateu: “Eu não sou homofóbica. Eu gosto de homem e sou cercada de gays, gosto e respeito, esse rótulo não me cabe. A gente não pode viver em uma patrulha, em uma ditadura. E tudo que a gente faz volta pra gente”, resumiu, segundo o Observatório da Televisão.

“Eu vim de programa infantil, que pra mim é a melhor coisa do mundo. Me converti e hoje as pessoas veem que eu sou um ser humano. Eu sou crente, não sou demente”, disparou Mara.

Outra polêmica recente envolvendo seu nome tem relação direta com seu último programa de TV, Fofocalizando, de onde saiu após discutir publicamente com o colega Léo Dias. Segundo Mara, esse meio é feito de “panelas”, mas minimizou a intriga com o jornalista com quem dividia a apresentação do programa no SBT.

“Fiquei sabendo que ele veio ao seu programa e disse que desejava que eu fosse feliz, por esse motivo, agora eu desejo que ele realmente seja ‘maravilha’”, afirmou.

Por fim, ela admitiu que ficou surpresa com a saída repentina do Programa do Ratinho, onde estava escalada temporariamente. “Estava amando, me divertindo, do nada me tiraram. Em uma época em que eu precisava muito”.

Aos 51 anos, a cantora e apresentadora tem participado do quadro “Jogo dos Pontinhos”, no Programa Silvio Santos, e vem tendo seu nome cogitado nas páginas que se dedicam a falar sobre televisão para retornar à apresentação do Fofocalizando. “Eu obedeço a ordens”, comentou Mara Maravilha, despistando maiores detalhes sobre a possibilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui